Tudo o que você precisa saber para curtir o máximo da Parada LGBT+

Evento retorna a Avenida Paulista neste domingo (19) tendo Pabllo Vittar, Luisa Sonza, Pocah e Liniker entre as atrações.
Edição da Parada LGBT+ de São Paulo (Foto: Acervo/Agência Brasil)

Após dois anos sem atividades presenciais devido aos efeitos da pandemia, a Parada do Orgulho LGBTQIA+ volta a ocupar a Avenida Paulista neste domingo (19). De acordo com a organização do evento, o tradicional trajeto do Museu de Arte de São Paulo (Masp) até a Praça Roosevelt, no centro da capital, será embalado por 19 trios elétricos, com a participação de artistas como Pabllo Vittar, Luisa Sonza, Majur, Ludmilla, Pocah e Liniker (Veja a programação a seguir).

Trazendo o tema “Vote com Orgulho – por uma política que representa”, a 26ª edição da Parada busca reafirmar o engajamento da comunidade no combate à discriminação, respeito à diversidade e na construção de políticas afirmativas para a população LGBT+. A programação terá início às 12h e milhares de pessoas são esperadas no desfile.

Programe-se: A opção mais rápida de chegar ao evento é usando o transporte público. As estações Brigadeiro, Trianon-Masp e Consolação do metrô funcionam normalmente no domingo. Mas não deixe para comprar o bilhete em cima da hora, pois as filas costumam ser grandes.

Sem perrengue: A organização da Parada recomenda usar roupas confortáveis, não esquecer de tomar água e ficar atento com os pertences e itens de valor. Como o tempo nessa época costuma ser instável, considere ainda levar um agasalho. Participar em grupo é a melhor forma de todos se sentirem mais seguros e cada um zelar pelos seus.

Registro da 23ª Parada LGBT na Avenida Paulista em São Paulo (Foto Paulo Pinto/Fotos Públicas)

Aproveite com segurança: Evite espaços muito aglomerados e se afaste de brigas e tumultos. E, claro, lembre-se regra de ouro do rolê: não é não. Como o evento também é de família, identifique crianças com crachás e pulseiras. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, mais de 2 mil policiais militares estarão envolvidos no patrulhamento das atividades. O apoio a Parada LGBT+ contará ainda com uma sala de gerenciamento integrada composta por todos os serviços públicos envolvidos e monitoramento por helicóptero.

Programação de trios

(Artistas confirmados em negrito)✶ Trio 1 Abertura – Famílias LGBT+/ Artista: Mariana Munhoz; ✶ Trio 2 Prefeitura; ✶Trio 3 Diversidade Lésbica/Artistas: Ana Dutra, Luana Hassen; ✶ Trio 4 Prefeitura; ✶Trio 5 Diversidade Transsexual/Travesti/Artista: Nick Cruz; ✶Trio 6 Saúde (Aids Healthcare Fundation – AHF); ✶ Trio 7 Diversidade Bissexual/Artistas: Ariah e Brunelli; ✶Trio 8 Prefeitura; ✶Trio 9 Diversidade Mais/Artistas: Quebrada Queer, Thaline Karajá; ✶Trio 10 Artistas da Noite; ✶Trio 11 Diversidade Gay/Artista: Kauan Russell; ✶Trio 12 Vivo/Artistas: Tiago Abravanel, bloco Agrada Gregos, Gretchen e Paullete Pink; ✶Trio 13 Jean Paul Gaultier/Artistas Jojo Todynho, Majur e as Pitayas; ✶ Trio 14 Amstel/Artistas: DJ Heey Cat, Mateus Carrilho, Aretuza Lovi, Pocah e Luisa Sonza; ✶ Trio 15 Burger King/Avon/Artistas: Pepita, Lexa, DJ Cris Negrini e Ludmilla; ✶Trio 16 Smirnoff; ✶Trio 17 Terra/Artistas: Liniker, Rebecca e Minoqueens; ✶Trio 18 Convidados Aliados; ✶Trio 19 Diretoria APOLGBT-SP/MercadoLivre/Artista: Pabllo Vittar.

Total
0
Shares
✶ Relacionado

Nós utilizamos cookies e tecnologias semelhantes. Ao continuar navegando, entendemos que você concorda com o uso desses recursos para aprimorar sua experiência neste site. Conheça nossa política de privacidade.