Sexta-feira 13 marca começo de turnê de bandas de heavy metal no interior de SP

Show em Bauru inaugura cruzada ‘metaleira’, que passará ainda por Indaiatuba, Campinas, Várzea Paulista e Araraquara.
(Foto: Divulgação)

Nada como bater as cabeças nessa sexta-feira 13 no interior paulista com a mini turnê Gore Blasphemy São Paulo Crusade. A partir das 21 horas, a Regurgimentação Necrovaginal Sangrenta, conhecida também como RxNxS, banda que conta com May Puertas (vocalista também do Torture Squad), fará uma apresentação na casa de shows Orates, em Bauru, com a Incinerad e a Toxic Death, tocando muito death e black metal.

Conhecida por seus trajes de médicos psicopatas e ensanguentados, a RxNxS, de Indaiatuba, apresentará um som com influências de peso, como as bandas Flesh Grinder, Impaled, Exhumed, Brujeria e Haemorrhage, abordando temas sinistros e apresentando letras que contam histórias sobre doenças, desgraças e horrores do mundo.

May Puertas conta que acabou de voltar de uma turnê no México com a Torture Squad e agora ela volta para o Brasil. “Ficamos vinte dias tocando em paisagens incríveis no país. Agora chegou a hora de voltar para o Brasil e desbravar o underground com o RxNxS em uma turnê promocional para divulgar o novo line up”, diz a vocalista. Ela espera que essa variedade de bandas na estrada consiga unir diferentes públicos do underground nessas últimas semanas de dezembro.

“Nós fizemos um show de estreia em São Caetano e, agora, vamos percorrer algumas cidades do interior paulista junto com bandas que tem, em sua formação, grandes amigos. O Incinerad e o RxNxS são irmãs, ambas com quase os mesmos integrantes, e entram também como aliados os Toxic Death e os Guerreiros Headbangers, que estarão amanhã em Indaiatuba”, completa.

A Incinerad, em seus 14 anos de estrada, já dividiu palco com grandes nomes da cena nacional e internacional, como Bessat (Polônia), Marduk (Suécia), Queiron, Unearthly, Genocídio. Eles prosseguem em atividade na cena headbanger, mostrando um talento inegável e percorrendo os caminhos que só o death metal nacional conhece.

Formada em 2012 em Araraquara, a banda Toxic Death conta com músicas autorais cantadas em português que mistura death metal com um pouco de thrash. Se inspiram em bandas das décadas de 80 e 90 como Slayer, Obituary, Sodom, Sepultura, Exodus, Pantera e Metallica. A Gore Blasphemy São Paulo Crusade passará ainda pelas cidades de Indaiatuba (14/12), Campinas (20/12), Várzea Paulista (21/12) e Araraquara (22/12).

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Nós utilizamos cookies e tecnologias semelhantes. Ao continuar navegando, entendemos que você concorda com o uso desses recursos para aprimorar sua experiência neste site. Conheça nossa política de privacidade.